fbpx

Empreender com franquia: opção rentável e segura para quem quer abrir o próprio negócio

Você sonha em abrir seu próprio negócio, mas ainda oscila entre a independência total e a estrutura segura de um modelo de franquia? Então fica com a gente que neste artigo iremos te explicar o que cada um representa e te indicar uma das opções de franquias mais bem estabelecidas do nicho de alimentação saudável!

Para te ajudar a decidir se o modelo de franquia vale a pena, vamos explorar uma opção validada por inúmeros cases de sucesso no Brasil. Para facilitar a explicação, vamos criar um personagem: Gabriel! Ele sempre quis começar seu próprio negócio, mas ainda hesita com a ideia de se aventurar no empreendedorismo sem uma “rede de segurança”, e se pergunta quais oportunidades se abrem para trabalhar como autônomo. Um contrato de franquia parece uma opção tentadora e ideal, mas antes de se decidir, Gabriel quer entender mais sobre este modelo de negócio.

 

O que é uma franquia e como é ser um franqueado?

Como franqueado, você vincula sua independência a um acordo de cooperação com um franqueador. O franqueado pode usar, produzir ou comercializar os produtos ou serviços de uma marca já existente e, assim, usufruir dos benefícios e da rede de apoio que uma empresa já consolidada pode oferecer. Em troca, ele deve observar estritamente as regras estabelecidas pelo negócio e ter obrigações financeiras para com ele.

Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o setor possui mais de 2.700 redes no Brasil, e o faturamento vem crescendo a passos largos todos os meses. Em 2019, o faturamento cresceu 6,8% em relação ao ano interior.

É verdade que existe um código de conduta para o franchising elaborado pelos fundadores, mas muitos empreendedores utilizam de suas experiências para tornar os negócios mais adaptados à sua região. Entre as vantagens estão que a marca utilizada por meio da franquia já é conhecida, ou seja, desde o dia da abertura da loja, o franqueado se beneficia da imagem desta marca para chegar aos seus clientes.

 

Quais as vantagens da franquia?

  • Limitação de risco: 

Com uma franquia, você corre menos riscos. Gabriel, personagem do nosso exemplo, pode usar um conceito que já está estabelecido e aplicável ao seu negócio. Sem franquia, ele precisaria de uma ideia original ou de um modelo de negócio promissor, devendo testá-la imediatamente em condições reais – sem garantia de sucesso. Além disso, por ser de menor risco, um franqueado geralmente tem melhores chances de obter um empréstimo bancário do que um empresário totalmente independente.

  • Visível desde o início: 

Como a marca utilizada por meio da franquia já é conhecida, Gabriel terá sucesso ao utilizar a imagem de uma marca bem estabelecida para atrair novos clientes, além dos canais de comunicação já existentes e mantidos pela franqueadora. Porém, se dirigir seu negócio de forma independente, é de sua responsabilidade realizar ações de marketing, criar uma identidade para o negócio e desenvolver estratégias. Ou seja, colocar o negócio em funcionamento começando do zero, certamente levará muito mais tempo para obter sucesso do que começando com uma marca popular no mercado. 

  • Transferência de know-how: 

Pelo interesse no sucesso da própria marca, o franqueador repassa os conhecimentos técnicos e especializados ao franqueado, além de sua experiência no negócio. Com isso, Gabriel garantirá treinamentos e familiarização com as técnicas de produção e estratégias de vendas da marca. 

  • Uma rede ampla:

Como Gabriel atuará em uma empresa que já está caminhando, pode recorrer ao franqueador para obter insights de como administrar seu negócio. Além disso, terá apoio ao estabelecimento formal da empresa, como estatutos, plano de negócios, captação de recursos, localização, etc. Sendo assim, também terá acesso às tarifas já negociadas com os fornecedores e uma série de serviços, recebendo o suporte no que diz respeito às questões técnicas, jurídicas, comerciais e de recursos, bem como a gestão do estoque. É importante salientar que o apoio da rede de franquias não impede o empresário de mostrar que pode gerir o negócio com independência e que possui as habilidades necessárias para um bom funcionamento, como a motivação, perseverança, capacidade de gestão, contabilidade, visão para os negócios, etc. Afinal, ele ainda é o principal responsável pelo sucesso da sua loja. 

 

 

Pontos importantes para levar em consideração

  • Pagamentos ao franqueador:

Para poder usufruir da imagem da marca, do conceito, oferta e da rede, Gabriel tem o compromisso do pagamento de royalties ao franqueador, para além dos custos operacionais correntes, como aluguel da loja, equipamento e armazenamento. 

Apesar disso, algumas franquias de sucesso, como o Sucão, possuem vantagens diferenciadas, como os royalties variáveis de acordo com o nível de faturamento do franqueado, o que oferece uma segurança em momentos delicados, como é o caso da pandemia do novo coronavírus. No nicho de alimentação saudável, o Sucão é a única marca que oferece esse benefício aos franqueados. 

Entre as outras opções de franquias do mesmo nicho, as taxas podem variar de acordo com a franquia e, geralmente, são divididas entre uma taxa de entrada e taxas contínuas (que pode ser fixa ou baseada nas vendas). Estes são custos importantes de serem considerados pelo empresário! 

  • Independência limitada:

Caso Gabriel opte por assinar um contrato de franquia, ele se compromete a observar estritamente o conceito do negócio e as regras estabelecidas pelos gestores. Portanto, deve aderir ao processo de produção e vendas, à estratégia de comercialização e publicidade da marca, além de trabalhar com os parceiros e fornecedores já firmados da rede. Isso é oposto do empresário totalmente independente, que não está sujeito a tais  restrições, pois tem a liberdade de gerir sua marca como desejar, definindo seus próprios padrões dentro das disposições legais. 

Apesar disso, franquias como o Sucão entendem que a independência do franqueado é um fator decisivo para o sucesso da rede como um todo. Com mais de 30 unidades espalhadas pelo país, a empresa oferece treinamentos especiais para franqueados, como consultorias de campo especializadas, que entendem e atendem a todos os perfis de empreendedores. 

  • Nem tudo é o que parece:

Uma empresa que foi popular há dez anos pode não estar no mesmo patamar nos dias de hoje e contar com um balanço patrimonial estável. Por isso, é importante entender a situação financeira do franqueador com antecedência. Gabriel, no caso, poderá contatá-los diretamente para isso. Outra forma de obter informações como o balanço da empresa, faturamento, rentabilidade e custos esperados, por exemplo, é entrar em contato com outros franqueados da rede. 

A Rede Sucão oferece aos franqueados um modelo de baixo custo operacional E rentabilidade muito acima da média do mercado, que têm se mostrado um ótimo negócio a curto e médio prazo. 

 

Que tipos de franquia existem?

Antes de mais nada, ter uma franquia significa: você autônomo com um conceito de negócio já estabelecido e, portanto, uma sede como suporte, um parceiro que apoia sua independência com know-how, condições de compra favoráveis, aconselhamento e medidas de marketing. A presença no mercado costuma ser comum para a maioria das empresas de franquia, ou seja, o franqueado não aparece em público com seu nome, mas com o do franqueador. Com isso, podemos dizer que existem três formas de franquia: 

  • Franquia de vendas: também conhecido como franquia de distribuição, é quando o franqueado vende determinados produtos em uma loja com o nome do franqueador.
  • Franquia de serviço: o destinatário oferece serviços em nome da empresa, como institutos de reforço escolar ou redes de hotéis, por exemplo.
  • Franquia de produção: Também conhecida como franquia de indústria ou fabricante, ou seja, o franqueador fabrica produtos de acordo com as especificações do franqueador e, em seguida, são vendidos sob o nome do franqueador. 

Com isso, muitos empresários se perguntam se um modelo de franquia é a escolha certa para eles. Mas antes, é preciso esclarecer alguns pontos:

  • Você tem uma personalidade de franquia?
  • Por exemplo, você pode lidar com o fato de que o foco não está em seu nome, mas no do sistema?
  • Você pode apoiar totalmente o seu franqueador e seu conceito?
  • Você tem o know-how apropriado e a experiência certa para poder trabalhar com sucesso em seu setor?
  • Você está pronto para trabalhar muito e tem pouco tempo livre?
  • Você é um líder? Você pode motivar e orientar os funcionários?
  • Como estão suas finanças?
  • Você tem capital suficiente?
  • Você tem uma reserva financeira para superar os meses ruins?
  • Qual financiamento pode ser do seu interesse? A melhor coisa a fazer é falar com o banco de sua confiança. Eles podem aconselhá-lo sobre financiamento público e os requisitos associados.
  • Quanto dinheiro você precisa para viver? As suas receitas e despesas projetadas correspondem?
  • Você precisa de um empréstimo?
  • Os benefícios de uma franquia facilitam o seu plano de vida

 

 

Quais são os custos da franquia?

  • Observe com atenção as taxas que você terá que pagar, como taxas de inscrição, custos contínuos, custos extras e ferramentas. Por isso, preste atenção aos serviços que você recebe e considere se as taxas poderão ser altas;
  • Considere também outros custos, com o aluguel mensal, custos de colaboradores, instalação e possíveis custos com publicidades;
  • Planeje seus custos e faça um planejamento financeiro.

 

Quão bem-sucedida pode ser sua empresa?

  • Solicite ao franqueador o manual de operação do negócio, isso é importante para que você conheça seus direitos e obrigações enquanto franqueado, assim como te fornece informações sobre os resultados comerciais do franqueador. Caso o manual não esteja disponível, solicite os documentos sobre o mercado e situação competitiva, assim como o lucro esperado. Os números fornecem informações importantes sobre o possível desenvolvimento da empresa.
  • Se questione e faça uma pesquisa sobre o que diferencia os seus produtos ou serviços dos seus concorrentes. Por que os clientes devem procurar por você?
  • Observe com atenção a localização da futura loja. Existem concorrentes? O local permite que as pessoas cheguem até você com facilidade?

 

O sistema de franquia foi experimentado e testado?

  • Há quanto tempo o sistema de franquia está no mercado? Obtenha os números de desenvolvimento do negócio! Franquias como o Sucão sempre trazem ótimos retornos para os investidores, principalmente aos que procuram pela opção de franquia.
  • Informe-se sobre o número de franqueados atuais e converse com eles. Troque informações sobre as oportunidades e riscos.

 

O contrato é compreensível e justo?

  • Em primeiro lugar: reserve um tempo para ler atentamente o contrato e, se possível, envie-o para um advogado. Não assine o contrato sem ter a certeza que está de acordo com todas as cláusulas. Um bom sistema de franquia lhe dará o tempo suficiente para ler o contrato com calma!
  • O contrato contém todos os pontos que você já discutiu com o franqueador? 
  • Observe com atenção se contém cláusulas que podem ser custeadas por você. Por exemplo: você precisa prestar um serviço, mas a contraprestação do franqueador não é regulamentada contratualmente? 
  • Atente-se às questões de proteção territorial e da concorrência.
  • Preste atenção à duração do contrato. Considere cuidadosamente se você pode continuar a dirigir a empresa pelo período contratualmente acordado, mesmo que a operação não ande muito bem.

 

E depois de tudo isso… vale a pena?

Se você decidir começar como um franqueado, geralmente terá muitas oportunidades, como recorrer a um conceito já experimentado e testado. Com o franqueador, você, geralmente, tem um parceiro forte e que o protege, além de ser apoiado por ele em muitas questões.

Frequentemente, a empresa para a qual você trabalha já é conhecida por muitos clientes em potencial. Portanto, em muitos casos, você não precisa começar do zero. O patrimônio líquido exigido também está longe de ser alto nas franquias, como no caso do Sucão.

Sem dúvidas, o modelo de franquia é uma ótima opção para quem deseja trabalhar de verdade no seu próprio negócio, mas ainda assim deseja ter uma rede de suporte por trás.

Para conhecer mais sobre um modelo de franquia de baixo custo, que sempre traz ótimos retornos e está dentro de um mercado que só cresce, conheça o Sucão!

 

Se você quer saber mais sobre os detalhes do nosso negócio e como se tornar um franqueado parceiro do Sucão, entre em contato!

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.