fbpx
 

Saiba como abrir um negócio próprio e ser um empreendedor

O empreendedorismo está ganhando cada vez mais força no Brasil. Afinal, a ideia de abrir um negócio próprio atrai os brasileiros que desejam ter mais autonomia e alta rentabilidade no trabalho. Você também faz parte deste grupo?

De acordo com um dos maiores estudos do segmento, a pesquisa GEM, do Sebrae,  em 10 anos, o Brasil passou de 14,6 milhões para 49,3 milhões de empreendedores. O dado analisa o período de 2007 a 2017 e mostra que o número de pessoas que atua em algum tipo de atividade empreendedora mais que triplicou.

Diante deste cenário, conheça os segredos de um case de sucesso do ramo de alimentação saudável, o Sucão. Através deste exemplo real você vai aprender o passo a passo para abrir um negócio próprio e transformar sua trajetória profissional. Preparado?

O perfil do empreendedor: características de quem quer abrir um negócio próprio

A vontade de abandonar o crachá, o chefe, a hora marcada para ‘bater o ponto’ e até mesmo certas limitações da profissão. Estes são alguns dos motivos de quem encara arriscar-se no mundo dos negócios e trabalhar em benefício próprio.

Além disso, há também os perfis de quem migra de carreira, se reinventa depois de uma demissão ou aposentadoria, ou apenas cria coragem de mudar a própria trajetória e investir em algo que gosta de fazer.

Além destes fatores, para ser empreendedor e ter um negócio próprio de sucesso é necessário desenvolver algumas características. São elas:

  • Capacidade de enxergar oportunidades de mercado;
  • Dinamismo e habilidade de adaptar-se a novos cenários;
  • Resiliência perante dificuldades e desafios;
  • Comunicação e liderança.

 

Em síntese, entre todos os tipos de pessoas que querem empreender há algo em comum: o desejo de impulsionar uma marca e de ter sucesso financeiro com ela.  Sendo assim, antes de conhecer a história de empreendedorismo da marca Sucão, conheça um simples passo a passo sobre como abrir um negócio próprio de sucesso.

1)      Autoconfiança e estratégia para empreender

Quando o assunto é empreendedorismo, muitas pessoas acreditam que não é possível abrir um negócio próprio com pouco dinheiro ou ter alta rentabilidade em cidade pequena, por exemplo. Em contrapartida, o empreendedor brasileiro é reconhecido por sua criatividade e a habilidade em fazer “dos limões, uma limonada’’.

O que os especialistas chamam de mindset empreendedor, ou seja, uma maneira de pensar do empreendedor, baseia-se, principalmente, em alguém que sabe identificar oportunidades. Nesse sentido, não importa se o seu primeiro investimento é com pouco dinheiro ou em cidade pequena.

A verdadeira capacidade de construir negócios lucrativos está em manter um olhar estratégico para uma combinação de fatores:

  • Região que está localizado o empreendimento;
  • Perfil do público que visa atingir e o poder de consumo dele;
  • Tendências de comportamento e consumo da população local;
  • Análise sobre como está o segmento e o mercado que você pretende investir;
  • Organização das finanças – como será este investimento – e modelo de negócio.

Em resumo, ao contrário do que muitas pessoas pensam, empreendedorismo não é simplesmente correr riscos e aventurar-se em cenários desconhecidos. Para lucrar alto e crescer em um mercado específico, é preciso trabalhar com autoconfiança e estratégia.

2)      Planejamento e organização das finanças

O trabalho com planejamento é um ponto fundamental para saber como abrir um negócio próprio. Afinal, é preciso organizar as finanças, estudar a melhor forma de investir e entender em quanto tempo você terá retorno financeiro com seu empreendimento.

Para isso, é necessário planejar passo a passo e estar orientado por profissionais capacitados em expertises que você não domina, como: contabilidade, legislações específicas, normas de contratos entre outros.

O planejamento influencia na criação de um negócio, na rotina administrativa e nas tomadas de decisão mais importantes sobre um empreendimento. Ou seja, ele é fundamental para crescer com saldo positivo, caixa organizado e sucesso no mercado.

3)      Modelo de negócios estratégico

O modelo de negócios é como o “coração” de uma empresa. Ele documenta qual será a proposta do seu empreendimento, ou seja, como ele cria, entrega e consegue gerar valor. Esta definição deve ser feita com cuidado e é fundamental para a basear a estratégia de negócios lucrativos.

Dessa forma, define-se uma “fórmula” própria que transforma produto, equipe e gestão em receita e lucros.  Nesse sentido, é necessário que o empreendedor entenda seu modelo de negócios com clareza antes de iniciar um investimento.

No caso do Sucão, por exemplo, o modelo de negócios é uma franquia. Uma das maiores vantagens em adquirir uma franquia e ser um franqueado é o que o modelo de negócios já vem pronto e testado no mercado. Dessa maneira, você investe em algo que já sabe que deu certo.

agencia euromonitor

Qual sua ideia de negócio lucrativo para empreender?

Antes de entender como abrir um negócio próprio, a primeira grande decisão do empreendedor é: quais os melhores nichos para investir? Afinal, a área de atividade do empreendimento define todas as outras decisões em sequência.

Assim sendo, é preciso que esta ideia de negócio seja estratégica, pois é fundamental considerar as oportunidades que cada nicho oferece. De acordo com uma pesquisa da agência Euromonitor, o setor de alimentação e vida saudável, por exemplo, cresceu 98% no Brasil nos últimos anos. Isso mesmo, você leu certo, 98% de crescimento só entre 2009 e 2014.

Este segmento movimenta cerca de US$ 35 bilhões por ano no Brasil, que já é o quarto maior mercado do mundo.

O case de sucesso da franquia Sucão: oportunidade e proposta da marca

O Sucão hoje é uma franquia reconhecida no segmento de franquias que mais cresce no país, o de alimentação. Apesar disso, o início da marca foi através de uma loja no centro de Campinas-SP, em 1975, e com pouco dinheiro.

Depois de diversas transformações de hábito dos brasileiros e de uma reformulação no modelo de negócios, o Sucão tornou-se uma rede de franquias de sucesso. Isto também foi fruto de uma percepção para alguns hábitos alimentares.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2017, por exemplo, o brasileiro gastou em média 25% de sua renda com alimentação fora do lar. Pensando neste nicho, a marca adotou a proposta de atender o público que preza por alimentos saudáveis e naturais e tem o hábito de fazer refeições fora de casa.

Dessa maneira, o Sucão encontrou o segredo do sucesso ao conseguir proporcionar uma alimentação balanceada e saborosa, a um preço acessível, e de maneira rápida e eficiente.

Negócios lucrativos: o interesse de investidores e a expansão da marca

Com a expertise adquirida durante décadas de operação em Campinas, em 2005, foi inaugurada uma segunda unidade Sucão, no antigo Shopping Parque Prado (atual Shopping Prado Boulevard).

Neste momento, a região metropolitana de Campinas também crescia e demandava mais lojas. Em 2013, já com três unidades e o foco de modernizar a marca e o modelo de negócio, mais uma loja surgiu no Galleria Shopping.

Depois disso, com o sucesso dos negócios e o interesse de investidores com o desejo de empreender, em 2014, o Sucão formata-se como franquia. Dessa forma e com esta decisão, tudo mudou.

A grande oportunidade do mercado de alimentação saudável

A expansão da marca Sucão: empreender com franquias

O modelo da loja Sucão proposta no Galleria Shopping obteve uma performance financeira acima do esperado. Sendo assim, já em setembro daquele ano, foi inaugurada a primeira unidade franqueada, no Shopping Unimart (Campinas).

O sucesso da operação ficou evidente com a abertura de mais cinco unidades no ano seguinte. E mesmo diante de cenários conturbados e de estagnação/recessão econômica, a rede continuou investindo em sua estrutura, buscando consolidar a satisfação do público e destacar-se no setor.

Hoje em dia, a franquia Sucão conta com mais de 25 unidades em quatro estados e mais de 13 cidades, mantendo um modelo de negócios que está garantindo entregar qualidade e extrair alta rentabilidade. Atualmente, o Sucão possui quatro modalidades de franquias:

  • Loja Shopping;
  • Loja de Rua;
  • Quiosque;

 

O último levantamento registrou a marca de mais de 4000 sucos vendidos por dia. Além disso, com o sucesso de público e a expansão, veio a necessidade de diversificar o cardápio. Entre os produtos ofertados pelo Sucão, estão:

 

  • Saladas;
  • Pratos;
  • Sanduíches quentes;
  • Lanches naturais no pão integral;
  • Produtos sazonais de inverno;
  • Vitaminas e Smoothies;

 

Com rápido retorno de investimento, baixo custo operacional e fácil adaptação do ponto, a franquia Sucão tem realizado o sonho de muitas pessoas em abrir um negócio próprio.

Franquias de alimentação driblam a crise e seguem crescendo no Brasil

Além da segurança da marca Sucão no mercado, junto ao crescimento do setor, há outro fator estratégico de sucesso: o crescimento das franquias.

De acordo com o balanço da Associação Brasileira de Franchising, em 2019, o setor de franquias driblou a crise e registrou:

  • Crescimento de 6,9% em faturamento;
  • Crescimento de 5,1% em número de unidades em operação;
  • Crescimento de 1,4% no número de marcas que decidiram adotar o modelo de franquias.

 

Para os próximos anos, a estimativa é ainda mais otimista, apontando que as franquias cresçam 8% em faturamento, 6% em número de unidades e de 1% em novas redes de franquias. Para quem deseja abrir um negócio próprio, este é o momento de investir com segurança, em um modelo que está dando muito certo no mercado brasileiro.

Conheça a proposta de franquia do Sucão

Realize seu sonho de ter um negócio próprio, com sucesso financeiro e confiança de mercado. Clique aqui, preencha o formulário e receba uma apresentação da franquia Sucão. Invista seu dinheiro na segurança de uma marca não para de crescer!

No Comments

Post A Comment