Vale a pena investir em Franquias?

Vale a pena investir em Franquias?

Com queda da Selic e retomada da economia, franquias ganham força como boa opção de investimento

Previsões de rentabilidade e números positivos do setor animam futuros franqueados.

A queda da taxa básica Selic ao ponto mais baixo da história tem feito com que investidores repensem onde vão colocar seu dinheiro nos próximos meses. Nesse cenário, as franquias têm ganhado espaço como alternativa para quem tem dinheiro em caixa e busca maiores ganhos.

Quando a Selic cai, o rendimento das aplicações financeiras também cai. Sendo assim, opções como CDB, LCI, LCA e Títulos Públicos deixam de ser atraentes como antes – o que tem gerado incômodo principalmente entre os investidores mais arrojados.
Nesse contexto, uma alternativa que vem ganhando força são os chamados “investimentos produtivos”: aqueles que demandam a participação direta do investidor. As franquias, que pressupõem modelos de negócio comprovadamente bem-sucedidos, consolidados e replicáveis, são os exemplos mais representativos.
Os últimos resultados do setor são animadores. O mercado de franquias brasileiro registrou um crescimento nominal de 5% no número de unidades em 2018, em relação ao ano passado, de acordo com ABF (Associação Brasileira de Franchising). Quanto ao faturamento acumulado dos últimos 12 meses, o crescimento alcançado foi de 7%, e as perspectivas para 2019 é de um crescimento de até 10%, segundo a mesma pesquisa.

Na franquia de alimentação saudável Sucão, por exemplo, a previsão de rentabilidade por unidade da marca é de 2% a 5% ao mês – ou seja, bem acima dos 0,54% mensais gerados pelos investimentos que acompanham as variações da Selic. O aquecimento da economia que já vem sendo sentido e que deve se intensificar ao longo de 2019, também favorecerá futuros franqueados.

Os números e o cenário chamaram a atenção de José Antonio Ramos Oliveria. Aos 53 anos de idade, o economista e ex-executivo que fez carreira em empresas multinacionais, estava buscando opções para investir assim que saísse da companhia onde trabalhava. Ele, que sempre alocou suas economias no mercado financeiro, decidiu apostar na abertura de uma franquia.

“Investir na Bolsa de Valores exige tempo e acompanhamento constante; e aplicações como CDB não estão mais tão vantajosas. Além disso, gosto de trabalhar e sempre tive o sonho de ter um negócio próprio. Por isso, me interessei pelo mercado de franquias”.

Desde que deixou a carreira de executivo em março de 2017, passou a pesquisar, ler e participar de eventos e feiras de negócios. Assim, chegou até o Sucão. Para o ex-executivo, os produtos alinhados às tendências crescentes do ramo de alimentação saudável e o contato próximo que os proprietários da marca têm com os franqueados foram fatores decisivos no processo de escolha. “Para mim, começar um negócio do zero não seria viável porque teria que enfrentar uma curva de aprendizado maior. Levaria bem mais tempo até obter algum retorno”, diz ele.

Em novembro de 2017, a unidade sob sua responsabilidade, localizada no Shopping Parque D. Pedro, em Campinas, abriu as portas.
Especialistas confirmam que esse é um excelente momento para as franquias.

“A rentabilidade está especialmente atraente em comparação a outros investimentos indexados à taxa de juros, que vem caindo mês a mês”.

Comenta o economista e consultor de investimentos Mladen Dragosavac. A taxa de juros, definida pelo Copom (Comitê de Política Monetária) que hoje está em 6,5% (mantida pela sexta vez consecutiva), deve manter-se estável ao longo do ano.

No entanto, segundo o especialista, não basta querer investir: ter perfil empreendedor e estar disposto a trabalhar é fundamental. “Os investimentos produtivos funcionam bem para quem se vê como dono de um negócio. O interessado precisa refletir se é ‘apenas’ um investidor; ou se é um ‘investidor empreendedor’. Essa diferenciação precisa estar muito clara”, alerta Dragosavac.
Para José Antonio, o mais recente franqueado do Sucão, o esforço do empreendedor vale a pena:

“Apesar de já ter trabalhado muito ao longo da vida, eu ainda tenho muita energia e me sinto atraído por mudanças. Como franqueado, estou trabalhando bastante, mas acordo feliz e me sinto realizado”.

 

“Henrique Soré, economista formado pela Facamp e especialista em mercado de franquias, é o Diretor de Expansão do Sucão.”

Para saber mais sobre a franquia Sucão – Cozinha Saudável preencha o cadastro no link https://www.sucao.com.br/franquia/ e um dos nossos consultores estrará em contato.

No Comments

Post A Comment